Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



1001 receitas de bacalhau

por wikilinks, em 29.09.13

bacalhau seco

 

Não faço ideia de quem terá contado as 1001 receitas de bacalhau existentes. Certamente era alguém com muito pouco que fazer.

Agora, o que eu posso afirmar é que, receitas de bacalhau há muitas e saborosas.

Com base neste principio fomos investigar o que tinha a Internet tinha para nos oferecer sobre o fiel amigo.

Fica aqui a nossa selecção de ligações para receitas de bacalhau e fica comprovado que os temas no wikilinks não têem limites:

História do bacalhau

Uma galeria de links sobre receitas de bacalhau não ficaria completa sem um guia sobre a história deste peixe que ganhou lugar de honra à nossa mesa.

Para já fica a saber que o bacalhau foi introduzido na alimentação inicialmente pelos portugueses, que durante as grandes pescarias, já realizavam o processo comum de salga do pescado desde o século XIV.

Bacalhau, o peixe

E já que o vai cozinhar, pode conhecê-lo um pouco melhor.

Bacalhau é o nome comum de várias espécies de peixes classificadas em vários géneros.
O dito "original", ou "verdadeiro", o bacalhau encontrado no Oceano Atlântico, chamado Gadus morhua, que é uma das cerca de 60 espécies da mesma família de peixes migratórios. O Gadus vive nos mares frios do norte, sendo geralmente de tamanho pequeno, embora alguns exemplares possam chegar a pesar 100 kg e medir pouco menos de dois metros. Alimenta-se de outros peixes menores, como o arenque.

Tipos de bacalhau na culinária portuguesa

O bacalhau pode ser consumido seco ou fresco. Nos países nórdicos, como a Noruega, é consumido na sua forma fresca. Muitas vezes dados às crianças por ter um sabor neutro.

Na culinária Portuguesa e Brasileira, consome-se essencialmente seco e pode ser encontrado nos seguintes classificações:

Categoria de bacalhau:

1ª Categoria – É a grande maioria do bacalhau, basicamente quer dizer um bacalhau bem curado, escovado, sem marcas ou imperfeições.

  • 2ª Categoria – Se o bacalhau tem algumas imperfeições ou foi mal cortado, então é considerado de 2ºa categoria, no entanto em termos de carne não deixa de ter a mesma qualidade.

Categoria do bacalhau de acordo com o tamanho:

  • Miúdo – O bacalhau é miúdo se tem um peso inferior a 0,5kg, raro, é usado como se fossem rabos, bom para caldeiradas.
  • Corrente – O bacalhau corrente tem um peso entre os 0,5kg e o 1kg, ideal para pratos em que se quer desfazer o bacalhau, pasteis ou pataniscas.
  • Crescido – O bacalhau corrente tem um peso entre os 1kg e o 2kg, o mesmo que um bacalhau corrente mas mais adulto, bom para o mesmo tipo de pratos.
  • Graúdo – O bacalhau graúdo tem um peso entre os 2kg e os 3kg, é o escolhido para ser servido em postas ou filetes, cozido, assado, gratinado.
  • Especial – É um bacalhau com um peso entre os 3kg e os 4.5kg, tem o mesmo uso que um bacalhau graúdo, também é o ideal para preparações especiais, tipo carpaccios ou filetes.

Tipos de cura do bacalhau

  • Bacalhau Verde – Simplesmente salgado (não é seco), com um teor de sal igual ou superior a 16% e uma humidade entre os 51% e 58%, é mais desidratado que secado, popular na Itália e Grécia.
  • Bacalhau Semi-seco – Seco e salgado por um período inferior a 3 meses, tem um teor de sal igual ou superior a 16% com humidade entre os 47% e 51%.
  • Bacalhau Salgado e Seco – Seco e salgado, o bacalhau passa por um processo de cura de pelo menos 3 meses, feita em túneis de secagem próprios e temperatura controlada, este é o tipo mais comum e popular em Portugal.
  • Bacalhau de Cura Amarela – Seco e salgado, é passado por um processo de escolha onde se tende a escolher bacalhaus de grande porte e grandes postas, este é submetido a um processo especial de salga livre, maturação tradicional e especifico que inclui as fases de lavagem, salga, secagem e maturação/envelhecimento. Apresenta uma coloração amarelada, um teor de sal entre os 12% a 16% e um teor de humidade igual ou inferior a 45%, esta é obtida por uma cura de sol prologada, o resultado final cria um bacalhau com sabor mais concentrado a peixe.
  • Bacalhau Asa Branca – Igual a bacalhau salgado e seco, apenas se retira a pele escura que cobre o interior da barriga, tornando as lascas visíveis, no entanto mesmo que a tradição dizia que este era melhor (porque era importado), a verdade é que retirar a pele implica humedecer o bacalhau e voltar a salgar e secar o que pode criar um produto inferior.

 

Para continuar a ler sobre o bacalhau:

 

 

[ actualizado 07/Abril/2020 ]

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:51

Car sharing, car pooling

por wikilinks, em 21.09.13

car sharing, car pooling

 

A internet tem vindo a potenciar novos paradigmas e "modelos de negócio".

Hoje apresentamos duas boas iniciativas que, embora bem fisicas, são potenciadas pela Internet.

 

Como funciona o car sharing? simples.  Basta aderir a um das empresas existente. Sempre que necessitar de um carro bastar reservar na internet as horas que necessita. Depois é só dirigir-se ao carro mais próximo passar o cartão (previamente fornecido) e usar. Porquê reservar na Internet? simples, convem ter a certeza que o carro que pretende esta disponivel e pelo numero de horas que necessita. Sim, só paga o que usa!!

 

http://mobcarsharing.pt/pt/default.aspx

http://www.citizenn.com/

 

O car pooling é um modelo diferente. Nada tem a ver com o primeiro a não ser pela "amizade pelo ambiente" e partilha de custos.

A vantagem aqui não é tanto para uma viagem esporádica (embora possivel) mas para viagens regulares. Precisa de ir para o trabalho? simples procure, no dos sites existentes, se alguém na sua região faz o mesmo percurso. Depois é só partilhar a viagem e os custos.

 

http://www.pendura.pt/

http://www.galpshare.pt/

 

E deixamos ainda, com a cortesia do blog "pplware" algumas regras de etiqueta para carpooling de sucesso:

 

Dicas e etiqueta para partilhas de sucesso:

  • Determine sempre um itinerário e o respectivo horário das viagens que partilha;
  • Estabeleça os pontos de encontro e a tolerância de espera (normalmente nunca mais do que 5 minutos);
  • Seja sempre pontual. Se por algum motivo não o conseguir ser, avise sempre com toda a antecedência que lhe for possível;
  • Se o seu caso for a partilha de viatura de forma alternada, chegue a acordo quanto à rotatividade;
  • Estabeleça um acordo para a partilha das despesas onde devem constar sempre os valores e os prazos para entrega desses montantes:
  • Informe os seus parceiros de faltas programadas como férias, idas ao médico etc.
  • Evite desvios ao itinerário programado, a não ser que sejam previamente acordados;
  • Tenha um plano alternativo e uma lista de todos os contactos envolvidos. Se o condutor actual ficou doente ou por outra razão não vai para o trabalho, deve existir o suplente que deve ser avisado e avançará no seu lugar;

Estabeleça também algumas regras base:

  • Fumar, ouvir música, comer ou beber, etc. Discuta isto com o seu grupo ou parceiro pois certos hábitos poderão tornar-se desagradáveis. O uso de perfumes fortes, falar alto, reclamar sobre o trânsito etc. pode inclusive; ofender pessoas mais sensíveis;
  • Conduza de forma responsável e tenha a viatura em bom estado, limpa e abastecida;

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:30

Aprender, aprender, aprender sempre!

por wikilinks, em 13.09.13

aprender

 

Diz a voz do povo:"aprender até morrer".

 

O tema de hoje é "aprender". São muitos os recurso que começam a a existir na Internet e hoje deixamos um na língua de Camões.

 

Cursos em video para quem deseja aprender:

 

http://www.ggte.unicamp.br/e-unicamp/public/

 

 

E para terminar tomo a liberdade de adaptar um ditado popular "Vivendo e aprendendo..." para "Navegando na internet e aprendedo..."

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:47

Emprego ou não emprego, eis a questão

por wikilinks, em 10.09.13

emrepgo

 

 

Já antes abordamos o tema do emprego na perspectiva da procura.

 

Desta vez vamos aborda-lo por um lado um pouco mais negro. Os abusos no emprego, com a procura de emprego e/ou como estagiário. Fruta da época.

 

http://ganhemvergonha.pt/

 

Este site denuncia varias situações de abuso de diversas entidades.

Vale a pena verificar antes de responder ao próximo anuncio de emprego

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:05

Férias no Mondego...

por wikilinks, em 04.09.13

Hoje temos uma dica para férias no Mondego

Acha extranho? talvez nao! Porque não variar ao Algarve e descobrir um outro Portugal.

 

Começamos pela Figueira da Foz:

 

http://site.figueiraturismo.com/

 

Passamos por Coimbra

 

http://www.turismodecoimbra.pt/

 

Terminamos pelo interior a dentro por onde o Mondego talha caminho e regioes adjacentes:

 

http://www.jf-coja.pt/index.php?progoption=seccao&do=show&secid=9

http://www.rt-serradaestrela.pt/index.php/pt/rotas-turisticas/turismo-ambiental/rota-dos-4-rios/item/173-rio-mondego

http://www.cm-gois.pt/content/index.php?action=detailfo&rec=108&t=Posto-de-Turismo

http://abrunhosa.blogspot.nl/2010/05/aldeias-do-mondego-associacao-de.html

http://www.cm-lousa.pt/turismo_acessivel

http://pampilhosaturismo.no.sapo.pt/

http://www.cm-pampilhosadaserra.pt/pt/go/roteiro-turistico

 

 

E fica um pequeno filme documentrio para espevitar mais a curiosidade:

 

- http://vimeo.com/33465162

 

 

MONDEGO - Versão Portuguesa from Daniel Pinheiro - Wildlife Films on Vimeo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:46

Ao virar da esquina Lisboa

por wikilinks, em 02.09.13

Lisboa

 

Estamos particularmente orientados ao turismo nos ultimos "posts". Talvez seja o resultado da estação. O sol ainda aquece e umas passeatas recomendam-se.

 

Para aqueles que moram em Lisboa ou próximo deixamos um conjunto de links para explorar uma das cidades mais bonitas do mundo.

 

Fica o desafio, porque não ser turista na nossa própria cidade.

 

- Agenda cultural de Lisboa

Lista de locais a visitar

- A palavra de ordem e poupar e ca esta uma lista de locais economicos e com qualidade

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:13


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D


Pesquisar

  Pesquisar no Blog